Metade dos brasileiros não estudou ou não concluiu fundamental

Os resultados do Censo Demográfico de 2010 divulgados nesta sexta-feira mostram que 50,2% da população brasileira não estudou ou não concluiu o ensino fundamental. Enquanto isso, os que têm ensino superior completo ou mais chegam a 8,3%.

O recorte do IBGE foi feito com as pessoas com 10 anos ou mais e, portanto, desconsidera crianças até a idade em que deveriam estar alfabetizadas e pode considerar outras com os estudos em curso. Em outra apresentação de dados, o total de analfabetos já havia sido divulgado em 9,6% da população ou 13,9 milhões de pessoas.

A Região Sudeste foi a que apresentou o nível de instrução mais elevado. Na população de 10 anos ou mais de idade desta região, encontrou-se o menor percentual de pessoas sem instrução ou com o fundamental incompleto (44,8%) e o maior de pessoas com o superior completo (10,5%). Os níveis de instrução das Regiões Norte e Nordeste situaram-se em patamar inferior aos das demais, sendo que o percentual de pessoas sem instrução ou com fundamental incompleto foi 56,5%, na Região Norte, e 59,1%, na Região Nordeste, e o de pessoas com pelo menos o curso superior concluído, de 5,0%, na Região Norte, e 4,9%, na Região Nordeste.

35,8% concluíram o ensino médio
Para medir quantos completaram o ensino médio foi analisada apenas a população com 25 anos ou mais de idade . Entre estas, 35,8% tinham completado a etapa de ensino que deveria ser concluída por volta dos 18 anos. Houve evolução considerável desde 2000, quando 23,1% da população acima de 25 anos estavam neste patamar. Veja abaixo a evolução em 10 anos por Estado.

Foto: .Fonte: IBGE, Censo 2000 e 2010

Um milhão de crianças estão fora da escola
Os dados também mostram que, no País, 3,3% das crianças de 6 a 14 anos não estavam na escola. O porcentual é equivalente a 966 mil pessoas na idade do ensino fundamental ou uma a cada 33 em todo o Brasil.

Nos resultados por Estado observou-se que Acre, Roraima e Amazonas tinham mais de 8% das crianças de 6 a 14 anos de idade fora da escola, vindo em patamar seguinte o percentual do Pará (5,5%).

No contingente de adolescentes de 15 a 17 anos de idade do País, 16,7% não frequentavam escola durante a pesquisa. Conforme adiantou o Todos Pela Educação, somadas as idades, há quase 4 milhões de crianças e adolescentes fora da escola.

(iG)

Comente

   Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
   Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Portal Aprendiz ou de seus autores.