Criar na cidade

Seminário Cidades a Pé debate direito à cidade e humanização do espaço urbano

Caminhar pelas calçadas e ruas da cidade deixando o olhar se perder entre as frestas de céu que edifícios, casas e árvores deixam entrever. Tomar cuidado com o buraco da calçada e não perder de vista o fluxo incessante de pessoas e as milhões de oportunidades de observação do inusitado, do espontâneo e do não-programado. Participar da luta e da conquista do direito à cidade. Chegar onde se deseja, sem deixar escapar da vista o caminho.

Até 5 de novembro, coletivos e organizações que desenvolvam trabalhos com mobilidade urbana pedestre poderão se inscrever para apresentar seus trabalhos.

Tudo isso compõe o caminhar na cidade, uma prática tão velha quanto o espaço urbano, mas que, nos últimos anos, se vê asfixiada. Para “discutir e refletir sobre a importância do caminhar nas cidades” incentivando “iniciativas, políticas públicos e estudos que invertem a lógica do espaço urbano”, o Seminário Cidades a Pé chega em São Paulo entre 25 e 28 de novembro.

Direito de andar

Realizado pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), o evento será dividido em três momentos: no dia 25, acontecerão oficinas técnicas para gestores públicos e público especializado; nos dias 26 e 27, serão realizados debates, palestras e caminhadas para o público, com 300 vagas e inscrição necessária. No último dia, 28, um evento de rua na Praça Ouvidor Pacheco e Silva, em frente ao Largo São Francisco, trará bandas e exposições fotográficas para apresentações gratuitas.

Leia mais
Coletivo une mobilidade e educação com projeto que transforma crianças em “exploradores da rua”
+ Devagar: Crianças

O Seminário contará com palestrantes nacionais e internacionais que trabalharão em soluções e questões do espaço público urbano à partir de quatro eixos: mobilidade a pé e saúde; desenho urbano e políticas públicas para a mobilidade a pé; cidades para todos e cidades a pé.

Acesse o site do Seminário Cidades a Pé para conferir a programação completa, programar sua agenda, conhecer os palestrantes e fazer sua inscrição.