Transformar a cidade

Cidade sustentável: aula pública no Grajaú discute mudança climática

“As populações das periferias de São Paulo são as principais afetadas pelos extremos provocados pelo aquecimento global”. Em tempos de falta de água, está é a afirmação que encabeça a chamada para o debate que acontecerá nesta sexta-feira (13/11), das 16h30 às 19h30, no Parque Linear Cantinho do Céu, no Grajaú, na zona sul de São Paulo, que fica às margens da represa Billings.

Organizado pelo Imargem,  o evento compõe o calendário da Mobilização Mundial pelo Clima de São Paulo, que acontece globalmente no dia 29 deste mês, quando milhares de marchas, atos e atividades tomarão o mundo para discutir o futuro do planeta, às vésperas da Conferência do Clima de Paris (COP-21) da Organização das Nações Unidas, onde líderes mundiais se reunirão para discutir tratados globais para minimizar os efeitos do aquecimento global.

A aula pública, que será ministrada por Ricardo Abramovay, pretende reunir movimentos sociais, aldeias indígenas da capital, lideranças populares, artistas e população em local para discutir e agir sobre a questão do aquecimento global e para tornar a cidade sustentável. Desde o início do século 20, o nível do mar já subiu 20 cm e caso as mudanças não sejam contidas, até o final do século 21, cerca de 400 milhões de pessoas podem ser desabrigadas, segundo estudos da Organização Meteorológica Mundial, da ONU.

Para saber mais e confirmar sua presença, acesso o evento da Aula Pública da Mobilização Mundial Pelo Clima.