Transformar a cidade

Ação Educativa organiza Semana de Formação em Direitos Humanos e Educação Popular

A Ação Educativa, em parceria com a Abong, Anistia Internacional, Artigo 19, Cladem, Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Desacelera SP, Escola de Governo, Geledés, Ecos – Comunicação em Sexualidade, Instituto Pólis, Pastoral Carcerária e Unifesp, realizará, entre 11 e 15/7, a Semana de Formação em Direitos Humanos e Educação Popular.

Anunciado como uma “ação de resistência frente às ameaças de retrocesso de direitos ditados pela conjuntura de crise política, econômica, social e de valores”, o evento pretende pensar em estratégias de ação para a garantia dos direitos humanos e valorizar o papel e a relevância da Educação Popular.

Serão cinco dias cheios, com atividades das 9h às 22h, que vão desde etapas formativas sobre gênero e raça, exposições fotográficas, debates, rodas de conversa, oficinas, lançamentos de publicações sobre educação e desigualdades, conversas sobre Paulo Freire, direito à cidade, comunicação, futebol e política e muito mais.

Para efetivar essas discussões, a Semana pretende congregar ativistas, movimentos sociais, comunidades, educadores/as, pesquisadores/as, jovens, estudantes, gestores de escolas e demais interessados/as em discutir a democracia e os direitos humanos em tempos de crise.

Para se inscrever, acesse o site da Semana de Formação em Direitos Humanos e Educação Popular, preencha o formulário e pague a taxa de R$ 35. A programação completa pode ser vista por aqui. Também serão oferecidas atividades gratuitas e maiores informações podem ser obtidas pelo e-mail semanadeformacao@acaoeducativa.org.