Aprender na cidade

Atividades para crianças ao ar livre: conheça o GPS da Natureza

do Centro de Referências em Educação Integral, com informações do Instituto Alana.

O período das férias é o momento em que as crianças querem aproveitar ao máximo as horas livres. Os pais, às vezes trabalhando, quebram a cabeça tentando propor roteiros que se encaixem às dinâmicas familiares.

Mesmo para quem não pode viajar, as oportunidades são muitas. Nas capitais, há diversas opções de atividades em espaços abertos e públicos que, além de entreter, proporcionam um contato mais direto com a natureza e a troca com outras crianças.

É o que vem mostrar o GPS da Natureza, aplicativo desenvolvido pelo projeto Criança e Natureza, do Instituto Alana. Disponível para as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, a ferramenta mapeia sugestões de atividades para realizar ao ar livre em diferentes ambientes, como praças, parques e praias.

Desenvolvido pelo projeto Criança e Natureza, o aplicativo mapeia sugestões de atividades ao ar livre em ambientes como praças, parques e praias.

Peteca, caça ao tesouro, leitura ao ar livre e parkour na natureza são algumas das possibilidades.

Reprodução

A busca das atividades considera a faixa etária, o tempo disponível, o local e a condição climática. Por exemplo, se a procura for por atividades para crianças com mais de 12 anos, durante uma hora nas praças de São Paulo, são sugeridas 11 atividades.

Peteca, caça ao tesouro, leitura ao ar livre e parkour na natureza são algumas das possibilidades. Cada uma delas conta com uma explicação prévia e um buscador para que as pessoas encontrem espaços públicos próprios para a atividade próximo de sua residência. A plataforma ainda possibilita avaliar a sugestão, contar como foi a dinâmica e registrar um álbum fotográfico.