Transformar a cidade

Fórum Social Mundial abre inscrições para edição de 2018

O Fórum Social Mundial (FSM) abre inscrições para sua 18ª edição, que acontecerá do dia 13 a 17 de março em Salvador (BA). O evento é autogestionado pelas organizações e movimentos sociais do Brasil e do mundo -  grupos, entidades e organizações criam uma múltipla programação e ocupam espaços públicos das cidades sediadoras com mesas redondas, seminários, oficinas e rodas de conversa.

Sob o lema “Resistir é Criar, Resistir é Transformar”, o FSM convida os grupos à inscreverem suas propostas de atividade até o dia 15 de fevereiro, preenchendo um formulário que dará corpo a programação desta edição. As organizações são responsáveis pela definição dos nomes dos palestrantes e sua presença em Salvador, enquanto a gestão do Fórum garante espaço e divulgação. Aos participantes individuais, as inscrições podem ser feitas até a semana do evento.

Fórum Mundial Social Temático, em 2016

Fórum Mundial Social Temático, em 2016 / foto por Ubirajara Machado, via Flickr.

Foto por Ubirajara Machado / via Flickr.

São 19 os eixos nos quais os grupos podem inscrever suas atividades, acordados pela organização brasileira em ressonância com a preocupação à fragilidade de democracias tanto no Brasil como em outros países. Entre eles, figuram os temas como migração; direito à cidade e ancestralidade, terra e território.

Ainda que a maioria da programação seja sediada no Campus Ondina, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), o Fórum se propõe a ocupar espaços públicos da cidade com atividades ao livre como marchas, oficinas e protestos.  Atividades em parques como Abateté (foto abaixo) – área de proteção ambiental que abriga a lagoa homônima – ou o São Bartolomeu  ou São Bartolomeu – no subúrbio ferroviário da cidade – alargam o território de atuação e convidam os participantes a  conhecer a cidade.

Parque Metropolitano do Abaeté, em Salvador (Bahia)

Parque Metropolitano do Abaeté, em Salvador (Bahia) / via Wikicommons

Via Wikicommons

O valor da inscrição individual é de R$30 para o participante que desejar ingressar em atividades e obter certificados.  Já o grupo ou instituição deve pagar R$90 para constar na programação. Para circular no fórum e assistir às mesas, o espectador não paga nada.

*Foto do Fórum Mundial Social Temático Bahia por Ivan Erick Baldivieso / via Flickr