Transformar a cidade

Esparrama estreia exposição “Navegar – Uma Expedição por Imaginários”

De 21 de janeiro a 4 de março, o Centro de Convivência Waly Salomão da Funarte, no centro de São Paulo, estará ocupado por uma embarcação que navega e repensa a cidade. A exposição “Navegar – Uma Expedição por Imaginários”, é resultado dos meses de investigação que o grupo teatral Esparrama realizou com crianças de diferentes territórios da capital para compreender como elas entendem, ocupam e veem os espaços urbanos.

O Grupo Esparrama é conhecido por sua experiência teatral de relação com a cidade. Muito de seus espetáculos, como o Minhoca na Cidade, acontecem na janela de um prédio na frente do Elevado Presidente João Goulart – mais popularmente conhecido por Minhocão – convertendo o asfalto em um palco para os passantes dominicais. Foi durante a feitura de tantos espetáculos, muitos com público infantil, que os integrantes do grupo começaram a se perguntar como que é as crianças entendiam o direito à cidade.

Nascia então o projeto Navegar, uma linha de pesquisa e processo criativo com crianças de três territórios diferentes: Adolescentes do CEU Heliópolis, na zona sul; crianças pequenas da EMEI Gabriel Prestes, no centro, e jovens estudantes de teatro da ocupação Hotel Lorde Palace, também no centro. Foi desenvolvido um projeto lúdico de escuta de crianças, potencializado pelas diferentes vivências de cada região.

palhaço do grupo esparrama brinca com mastro de mentira

Integrante do grupo Esparrama na exposição “Navegar” / Foto por Sissy Eiko

Sissy Eiko

Fotografias, poesias, desenhos e obras construídas a partir dos sentimentos dessa cidade para crianças se esparramam no cenário marítimo da exposição. A mostra também propõe jogos de tabuleiros nos quais o jogador enfrenta desafios de mobilidade e um mapa afetivo onde cada visitante pode marcar um lugar favorito na cidade.

Em entrevista para o portal Cidades Educadoras, a integrante Luciana Gandelini afirma: “Tudo na cidade pode ensinar muito às crianças. Desde as árvores que ficam no pátio, o tio da cantina escolar, à venda que fica na frente do colégio. Agora, o desejo é expandir o projeto Navegar para outros territórios, diminuindo a distância entre o que acontece nos palcos e nas escolas”.

O que é? Exposição Navegar – Uma Expedição por Imaginários
Onde?  Centro de Convivência Waly Salomão – Complexo Cultural Funarte SP
(Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos, São Paulo – SP)
Quando: 21 de janeiro até 4 de março
Horário de visitação: Segunda às sextas, das 10h às 18h. Sábados e domingos, das 15h às 18h.
Entrada Gratuita
Mais informações: (11) 3662-5177 – funartesp@gmail.com