Aprender na cidade

Dia de Aprender Brincando: a importância do brincar e da aprendizagem ao ar livre

Quando a criança brinca, o mundo ao seu redor se transfigura. A árvore do quintal se torna um imponente castelo e as folhas que dela caem cortam o ar feito aviões. Sob o olhar imaginativo da infância, a terra pode virar massa de bolo ou matéria-prima para moldar toda e qualquer invenção.

Leia +: Por que integrar o brincar ao processo educativo das crianças?

São nessas interações lúdicas com o mundo, desenvolvidas individual ou coletivamente, que a criança aprende a se enxergar, enxergar o outro e o espaço habitado. Como afirmou o psicólogo evolucionista Peter Gray em entrevista ao Portal Aprendiz: “o brincar é a maneira pela qual as crianças adquirem estrutura física, emocional, intelectual e social. Ao brincar, nós simulamos um mundo no qual é possível praticar as habilidades que serão necessárias ao nos tornarmos adultos de fato.”

O Dia de Aprender Brincando convida educadores e pais para, dia 17 de maio, abrir as portas de casa, escolas e outros espaços e explorar as potencialidades de aprender e brincar ao ar livre

Se a brincadeira acontece ao ar livre, os efeitos de reconhecimento do mundo e de si mesmo são ainda maiores.

“Nós temos um instinto natural para o autodidatismo. Se nós promovemos oportunidades de auto-aprendizado, socialização e brincadeira, elas [as crianças] vão ter um aprendizado significativo”, continua Peter.

O educador e artista plástico Ghandy Piorski concorda. Em entrevista ao Centro de Referências em Educação Integral, disse sobre a importância de brincar na natureza: “as repercussões são muito mais profundas e intensas quando a natureza externa desperta a natureza interna e esta leva a conhecer a de fora.”

Aprender brincando e fora da sala

É esta rica troca que propõe o movimento global Dia de Aprender Brincando, que convida educadores, pais, mães e cuidadores para, no dia 17 de maio, abrir as portas de casas, escolas e outros espaços educativos para explorar as potencialidades de aprender e brincar ao ar livre. Em 2017, mais de 165 mil crianças foram impactadas e experimentaram os benefícios desta prática.

Raiana Ribeiro, gestora do Programa Cidades Educadoras, da Associação Cidade Escola Aprendiz, que apoia pela terceira vez a iniciativa, comenta a importância do brincar para a criação de territórios cada vez mais democráticos e inclusivos. “Uma Cidade Educadora reconhece nas crianças, em suas múltiplas formas de expressão e linguagem – e brincar é a forma como a criança elabora e apreende o mundo -, um importante agente de transformação dessa cidade. Ao extrapolar as paredes da sala de aula e os muros da escola, o Dia de Aprender Brincando reforça o direito a uma educação permanente, que se dá ao longo da vida.”

criança pula bambolês no chão

Criança brincando na EMEB 16 de Março (AL) / Foto Divulgação

Leia + Peter Gray: Brincar e sentir-se parte de uma comunidade são essenciais para a aprendizagem das crianças.

Outro objetivo do Dia de Aprender Brincando é chamar a atenção para o espaço ainda restrito reservado ao brincar na educação formal, relegado muitas vezes ao intervalo entre aulas, apesar de inúmeras pesquisas sugerirem o movimento contrário.

O estudo australiano The Case for Play, da ONG Playground Ideias, por exemplo, constatou que uma infância brincada possibilita um maior desenvolvimento psicológico e cognitivo, maior grau de escolaridade – aumento de 44% de chances de ingressar no ensino médio e 17% no nível universitário –, além de menor probabilidade de desenvolver doenças como ansiedade ou depressão.

Como participar

O brincar é um direito assegurado por legislações brasileiras e internacionais. Está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e também no Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Globalmente, é garantido pela Convenção sobre os Direitos da Criança da UNICEF.

Para participar do Dia de Aprender Brincando, basta inscrever-se gratuitamente no site da campanha. A plataforma disponibiliza ainda um largo arcabouço de recursos como planos de atividades, pôsteres e conselhos inspiradores para potencializar as experiências.

Os participantes também podem incentivar a campanha e engajar mais pessoas nessa ação vinculando suas publicações em redes sociais como o Facebook, Instagram e Twitter às hashtags #DiaDeAprenderBrincando e #OutdoorClassroomDay, ajudando a ampliar a sensibilização sobre a importância do brincar.

Leia + Como o brincar com a natureza estimula o desenvolvimento das crianças