Aprender na cidade

8 motivos para brincar na lama

Por Claudia Ratti

O contato com os elementos da natureza é essencial para o desenvolvimento das crianças. Brincar na lama, sentir a água e a terra é uma experiência divertida que proporciona uma série de benefícios físicos, sociais e emocionais. Abaixo, selecionamos 8 motivos pelos quais as crianças deveriam vivenciar essa experiência.

Leia + 6 brincadeiras inclusivas para fazer ao ar livre

1. Estimula a criatividade

A lama é um elemento que pode ter diferentes texturas e consistências, proporcionando várias formas de brincar. O fato de ser moldável permite que as crianças explorem a imaginação e criem o que quiserem a partir daquele material. Podem construir algo concreto como um castelo ou simplesmente passar a lama pelo corpo, dependendo apenas de onde a criatividade e vontade deles  quiser levar!

2. Proporciona bem-estar físico e mental

Brincar ao ar livre em contato com os elementos da natureza proporciona às crianças a sensação de bem-estar. Também pode ajudar a diminuir níveis de estresse, ansiedade e déficit de atenção. O fato da lama ser um elemento sem estrutura fixa que permite à criança explorar as possibilidades daquele material traz  também benefícios socioemocionais. A atividade ajuda na expressão de ideias e sentimentos e ajuda na capacidade de equilibrar a fantasia com o real.

3. Ajuda na formação do pensamento crítico

Em uma atividade como brincar com a lama, as crianças estão expostas ao ar livre e à ausência de regras pré-definidas. Ao permitir que brinquem livremente, se oferece aos pequenos a oportunidade de desenvolverem a capacidade de formar ideias, resolver problemas e pensar criticamente.

4. Conexão com a natureza

Brincar na lama também é uma forma de se conectar e conhecer a natureza. Na medida em que brincam e interagem com aquele espaço passam a conhecer melhor os processos naturais, entender como a natureza funciona e se reconectar com o ecossistema. Logo, uma brincadeira com lama é, por exemplo, uma ótima oportunidade de mostrar, na prática, a mutação dos elementos naturais e de observar como esta matéria, fruto da junção de água e terra, se comporta. Além disso, crianças que passam muito tempo em espaços fechados tendem a ficar mais distantes da natureza e, consequentemente, de sua relevância para o mundo.

5. Faz bem para o sistema imunológico

Ao contrário do que se costuma imaginar, deixar as crianças em espaços fechados e longe da “sujeira” não é o melhor para a saúde delas. Na verdade, entrar em contato com as bactérias presentes na natureza também é uma forma de fortalecer o sistema imunológico. Por isso, não tenha medo de deixar que elas toquem, brinquem e passem a lama pelo corpo.

6. Desenvolve a coordenação motora

Brincar com elementos como água, areia, lama e argila contribui para o desenvolvimento da coordenação dos olhos e das mãos. Além disso, é uma atividade que trabalha as habilidades motoras finas e grossas. Vários sentidos são ativados quando as crianças brincam na lama. Consequentemente, o cérebro trabalha mais aumentando a sua atividade, o que proporciona benefícios como capacidade de concentração e organização de ideias.

7. É divertido

Brincar com a lama é bastante divertido já que proporciona às crianças uma nova experiência sensorial. Além disso, brincar ao ar livre é uma atividade que ajuda na produção de endorfina, o hormônio que aumenta a sensação de bem-estar e alegria.

8. Cria boas memórias

Quais são as melhores lembranças da sua infância? Proporcionar que crianças tenham a possibilidade de explorar as infinitas formas de brincar com a lama certamente vai fazer com que elas tenham uma boa resposta para essa pergunta no futuro.