Arquivo

Educação será abordada durante a Rio +20

A educação como um direito humano e um caminho para a justiça social e ambiental é uma das principais mensagens que o Grupo de Trabalho de Educação levará à Cúpula dos Povos e à Conferência Rio+20, encontros que acontecerão no Rio de Janeiro entre os dias 15 e 23 de junho de 2012.

O GT de Educação – como o grupo ficou conhecido – quer promover a reflexão e a implementação de uma educação para um mundo onde se possa viver de forma harmônica, com respeito à igualdade, à diversidade cultural, ambiental, dos direitos humanos e da Mãe Terra.

Além disso, as organizações da sociedade civil da América Latina e Caribe que integram o GT preparam a declaração “A educação que precisamos para o mundo que queremos” [leia aqui], documento este que analisa o contexto da atual crise social, econômica e ambiental e exorta para que a Rio+20 não se converta em uma instância para promover o desenvolvimento econômico à custa dos direitos humanos e da própria vida.

“O movimento de educação estará presente ao lado de outros movimentos sociais para levantar a bandeira da justiça social e ambiental e da dignificação do ser humano e da vida. Estará presente também defendendo a educação como um direito humano fundamental, cuja finalidade é a transformação dos padrões de produção, consumo e distribuição do atual sistema, para alcançar uma maior justiça social e ambiental”, afirma a declaração.

Ao longo dos encontros, o GT estará presente, articulando-se a outras lutas sociais e ambientais em prol de uma mudança no sistema de desenvolvimento vigente.