Arquivo

Wise 2012 apresenta experiências de inovação em educação ao redor do mundo

Seis experiências vindas de todo o mundo foram selecionadas para o Prêmio.

Entre os dias 13 e 15 de novembro acontece em Doha, no Catar, a Cúpula Mundial da Inovação para a Educação (WISE), com mais de mil representantes do mundo inteiro, divididos em cem países, para discutir e trocar experiências sobre educação.

O evento, que desde 2009 seleciona e apresenta tendências em práticas educativas, tem por objetivo estimular a inovação por meio da troca de experiências. Ao final, são entregues prêmios aos selecionados em categorias como pluralismo, sustentabilidade e inovação.

Desde 2011, um educador – ou uma equipe de até seis profissionais que trabalhem juntos – é selecionado por um comitê internacional de especialistas. O eleito recebe o Prêmio Internacional Wise de Educação, no valor de US$ 500 mil (aproximadamente R$1 milhão), mais uma medalha de ouro para o responsável por projetos ou políticas que sirvam de modelo em escala mundial na área educação.

Boas práticas

Nesta edição, sob o tema “Colaborando para a mudança”, foram indicados seis finalistas que, segundo o júri, estão “transformando a educação”. São iniciativas vindas de Bangladesh, Cambodja, Chile, Dinamarca, Índia e Estados Unidos. Os concorrentes foram pré-selecionados em etapas anteriores, a partir de 24 vencedores provenientes de 14 países diferentes. Os critérios de seleção foram o alcance, o impacto positivo na sociedade e o caráter inovador.

Os projetos transitam entre diferentes propostas voltadas às contribuições da educação para o desenvolvimento local. Os temas em destaque nesta edição são a acessibilidade para estudantes cegos, a educação no campo, novos modelos de sustentabilidade para alunos de baixa renda, o desenvolvimento de softwares educativos gratuitos para a idade pré-escolar, escolas movidas a energia solar para áreas inundadas e, por fim, proteção familiar e promoção da educação em áreas de risco.

Cidade Escola Aprendiz

Entre as instituições participantes da Cúpula está a Associação Cidade Escola Aprendiz, única representante brasileira nos debates do evento. Natacha Costa, Diretora Geral da organização, integrará a mesa “Educação e Comunidade: Promover o Desenvolvimento Local”. Marcada para o dia 13/11, a partir das 9h45 (horário de Brasília), o evento conta com transmissão online no site oficial do evento.

Durante o debate, serão discutidas experiências de integração entre bairros e escolas, além de compartilharem as metodologias desenvolvidas pelo Aprendiz em comunidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Bahia. “Tem para nós um sentido muito especial ver o bairro-escola sendo reconhecido em um fórum internacional como uma referência de tecnologia social disseminada com sucesso no Brasil”, afirma Natacha.

Cooperação

O Aprendiz participou da WISE no seu primeiro ano, em 2009, e integrou o livro “Innovation in Education: Lessons from Pioneers around the World” (Inovação em Educação: lições de pioneiros ao redor do mundo)”, lançado pela WISE em janeiro de 2012, que reúne dezesseis experiências de educação reconhecidas como inovadoras, entre elas, o bairro-escola.

Helena Singer, Diretora Pedagógica do Aprendiz, credita à Cúpula um formato de oportunidades de trocas de ideias, experiências e contatos com outras instituições. “Esperamos construir possibilidades de cooperação internacional porque é importante termos referências do que está sendo realizado no mundo em termos de educação, cidade e comunidade”, diz Helena.

“O debate que iremos participar sinaliza o avanço no entendimento de que a educação não é uma agenda exclusiva de escolas e especialistas em educação, mas o vetor principal do desenvolvimento de toda a sociedade, a começar pelas comunidades e cidades que podem e devem ser mobilizadas nesse sentido”, completa Natacha.