Mais Lidas

Grupo Esparrama lança campanha de doação de livro sobre escuta de crianças

Livro é fruto de escuta de crianças de três territórios diferentes de São Paulo para entender como elas se relacionam com território e direito à cidade.

Da escola para uma vivência na natureza: 5 dicas de como tecer essa aproximação

Confira dicas de como é possível que a escola leve seus estudantes para a natureza em seu entorno, aproveitando o potencial educativo do território.

3 livros infantis para falar sobre perda com as crianças

No esforço de ajudar a comunicar e compreender algo tão natural como a vida, alguns livros infantis se debruçam sobre a perda, com abordagens sensíveis.

Jane Jacobs e a humanização da cidade

Conhecida por seu livro “Morte e vida das grandes cidades”, Jane Jacobs mudou definitivamente a forma de observar e analisar os fenômenos urbanos.

Virada Sustentável 2018 revela potencial da cidade educadora

O festival Virada Sustentável 2018 ocupa a capital paulista com atividades que revelam como o território pode e deve ser educativo.

URBE – Mostra de Arte Pública ocupa Largo da Batata (SP) com arte e interação

Terceira edição de mostra de arte pública convida passantes do Largo da Batata, em São Paulo, a potencializarem relação entre arte e território.

Cidade para crianças: projeto estimula a relação afetiva das crianças com a vida urbana

Há dois caminhos para construir uma cidade para crianças: realizar sensibilizações e incluir os pequenos no planejamento urbano de forma participativa.

Curso Ecoativos dará formação em educação para a sustentabilidade

O curso “Ecoativos – Educação para a Sustentabilidade” formará para o desenvolvimento de projetos nas escolas com foco no consumo responsável.

Por que é preciso desemparedar as crianças?

Conheça cinco vantagens do desemparedamento das crianças, desde a criação de uma consciência ambiental até benefícios físicos e emocionais.

Estudante brasileira participa de Feira de Ciências na China com protetor contra queimadura de água-viva

Bruna Marschner, de 18 anos, será a única jovem representando das ciências brasileiras no evento.