arquitetura

Cidades latino-americanas adotam educação e infância como medidas para pensar o espaço urbano

Experiências em Medellín, Santiago e São Paulo revelam como projetar o espaço urbano a partir das crianças e dos processos educativos de seus habitantes.