Aprender na cidade

Capoeira é ferramenta de educação na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro

"Nosso intuito é dar um novo significado ao aprendizado e trabalhar as múltiplas inteligências, que propiciem a formação integral dos indivíduos“, explica Mestre Curumim".

Educar através da capoeira é a base do Projeto Capoeira Cidadã, realizado na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, e nos seus entornos. Destinado a crianças e adolescentes de quatro a 18 anos, o projeto foi criado pela Associação Civil Capoeira Cidadã e é apoiado pela indústria química e farmacêutica Merck desde 2008, quando inicialmente era realizado nas instalações do grêmio da empresa. As inscrições são gratuitas para as 120 vagas oferecidas e podem ser feitas até 11 de março no Centro Cultural Capoeira Cidadã, sede do projeto. Os interessados devem ter renda familiar de até quatro salários mínimos e estarem matriculados nas escolas públicas da região.

O Capoeira Cidadã já atendeu a mais de 500 alunos desde 2008, caracterizando-se como uma importante tecnologia social para a comunidade assistida. Prova disso é que, para este ano, a pedido da comunidade, estão abertas turmas dedicadas às crianças de quatro a seis anos. “A comunidade apontou essa necessidade e abraçamos a ideia, uma vez que o projeto visa a inclusão social em todas as idades“, observa Mestre Curumim, coordenador técnico da iniciativa.

As turmas são divididas por faixa etária – de quatro a seis, de sete a 13 e de 14 a 18 anos, para facilitar e respeitar o desenvolvimento dos alunos. Entre as atividades, são oferecidas aulas de capoeira, sua música e história, aulas de artesanato, interpretação de curtas-metragens e de apoio escolar, melhorando os conhecimentos sobre português e matemática através de textos e dinâmicas baseados na capoeira e na cultura popular.

A partir dos 14 anos, os alunos são convidados a participar dos cursos de capacitação profissional, como de customização de roupas e acessórios e de confecção de instrumentos musicais, como o caxixi, facilitando o ingresso no mercado de trabalho.“Por meio dessas atividades, as crianças descobrem novas formas de se expressar e desenvolvem valores de cidadania e cooperação de forma lúdica. Nosso intuito é dar um novo significado ao aprendizado e trabalhar as múltiplas inteligências, que propiciem a formação integral dos indíviduos“, reforça Mestre Curumim.

O projeto Capoeira Cidadã começou a ser realizado em 2005 e em 2008 nas instalações do Grêmio da Merck. Com o apoio da empresa, constituiu sua própria sede e atende às comunidades próximas ao parque industrial. Sob coordenação do Mestre Curumim, a Associação Civil Capoeira Cidadã é uma organização civil sem fins lucrativos, inscrita no Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA) que já conta com o reconhecimento da comunidade e de instituições parceiras como o IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Ministério da Cultura, Secretaria Municipal e Estadual de Cultura. O projeto conta também com as novas parceiras – Casa da Moeda do Brasil, através do edital Atitude Cidadã e da LAMSA (Linha amarela) Instituto Invepar.

A iniciativa visa incluir socialmente crianças e adolescentes em situação de risco, apresentando novas possibilidades e perspectivas de vida. “A cada ano vemos os resultados positivos obtidos pelo projeto, com jovens ingressando no mercado de trabalho ou conquistando bolsas de estudo e se destacando como cidadãos”, comenta Cleo Ferreira, coordenadora de Responsabilidade Social da Merck.

O Centro Cultural Capoeira Cidadã mantém, além do Capoeira Cidadã, outros projetos direcionados à comunidade local, como aulas de inclusão digital para os responsáveis, o Cine Mais Cultura, e o Ponto de Leitura Biblioteca Mestre Peixinho, inaugurado em 2012, que conta com mais de 600 livros sobre capoeira e cultura popular, além de livros infanto-juvenis.

Projeto Capoeira Cidadã – inscrições abertas
Período das inscrições: até 11 de março de 2013
Local: Sede do Centro Cultural Capoeira Cidadã
Endereço: Rua Francisca Sales, 25 – Freguesia – Jacarepaguá / Rio de Janeiro-RJ
Informações: (21) 2424-5398 ou www.capoeiracidada.org.br
Horários:
4 a 06 anos – terças e quintas-feiras, das 17h10 às 18h10
7 a 13 anos – às segundas , quartas e sextas-feiras, das 9h00 às 11h00 ou das 16h00 às 18h00
14 a 18 anos - 3ª e 5ª, das 18h às 20h. Sextas, das 9h às 11h ou das 16h às 18h
** 11 de março: início dos cursos de capacitação em “Customização em roupas e acessórios“ e  “Confecção de Caxixi“