Transformar a cidade

Mobilização popular conquista redução da tarifa em SP

Depois de cinco manifestações contra o aumento da tarifa do transporte público na região central, inúmeros atos espalhados pela cidade e uma mobilização popular que não se via há muito tempo, foi anunciado hoje que as passagens de ônibus e metrô de São Paulo voltarão a custar R$3, ante os R$3,20 cobrados desde o começo de junho. A medida entra em vigor na próxima segunda-feira.

Conselho da Cidade se reúne com MPL para discutir transporte público

Repórter do Portal Aprendiz é solto após ficar preso por mais de dois dias

Em decisão conjunta, os governos estadual e municipal anunciaram a medida hoje, no Palácio dos Bandeirantes, através do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e do prefeito Fernando Haddad (PT). O governador destacou que deve ocorrer “sacrifício dos cofres públicos” em função dos cortes de gastos que acontecerão por consequência da revogação, enquanto Haddad enfatizou que os investimentos do município serão comprometidos. No Rio de Janeiro, a passagem também voltou ao preço anterior ao último aumento: R$2,75.

A mobilização popular se mostrou novamente efetiva em busca de melhorias no sistema de transporte.