Aprender na cidade

Santo André coordenará rede brasileira de cidades educadoras

Localizada no grande ABC, região metropolitana de São Paulo, Santo André foi eleita para assumir a coordenação da Rede Brasileira de Cidades Educadoras, que compõe a Associação Internacional de Cidades Educadoras (AICE). O município terá como missão impulsionar colaborações e ações concretas entre os seus integrantes.

Com 473 cidades filiadas ao redor do mundo, a AICE conta com 15 municípios brasileiros nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Bahia, Minas Gerais e Mato Grosso. Uma das missões da gestão de Santo André será ampliar essa rede.

“Queremos sensibilizar outras cidades para que se filiem à AICE e aumentem o escopo de colaboração e intercâmbio”, afirma Gilmar Silvério, secretário de Educação de Santo André. “Queremos mostrar que é necessário integrar políticas, mostrar que os espaços públicos têm potencial cidadão, educativo e de diálogo. A cidade é um espaço das pessoas.”

Associada desde 2008 à AICE, Santo André tem buscado integrar as políticas públicas da cidade entre diferentes setores. A aplicação do Orçamento Participativo aberto, assim como a discussão do Plano Plurianual da cidade, são citados como exemplo dessas intersecções pelo secretário.

“Fizemos com que as crianças participassem do planejamento da cidade. Cada escola definiu suas discussões e enivou representantes para um conselho jovem, que definiu diretrizes, conversou com vereadores e com o prefeito, e teve sua voz ouvida na cidade. Trazer 25 mil alunos para o planejamento mostra que uma cidade educadora não é apenas algo relacionado à educação formal, mas um conceito de uma cidade que educa em todos seus espaços”, acredita Silvério.