Aprender na cidade

Por uma cidade que educa

Quem pensa que no próximo dia 17/5 as ruas do centro de São Paulo estarão reservadas apenas para a Virada Cultural está enganado. Pois há outra Virada – prevista para acontecer ao longo do sábado – que promete espalhar os conceitos de educação integral pela região central da capital paulista.

A Virada Educação, que terá início a partir das 9h, na Praça Roosevelt, contemplará uma série de atividades que mostram como a educação pode extrapolar os muros da escola, fazendo de toda a cidade um espaço educador.

Aprendizagem no território

Segundo um dos organizadores e integrante do Movimento Entusiasmo, André Gravatá, o evento surgiu da necessidade de fazer uma conexão entre a escola e o território. “Como fazer a cidade respirar educação com mais força? Para isso, precisamos consolidar uma comunidade de aprendizagem no território”, defende.

Todas as ações educativas são gratuitas e estão divididas em quatro categorias (Diálogos, Exibições, Trilhas e oficinas e Intervenções). Até agora, mais de 30 atividades foram inscritas para o evento, que deve terminar às 17h.

Ocupar a cidade

De acordo com Gravatá, essas atividades não foram propostas apenas pelos organizadores, mas a partir da demanda de alunos das escolas públicas localizadas na região, que cederão seus espaços para o evento, assim como o grupo teatral Os Satyros.

“A partir do momento que as pessoas estiverem na praça, elas poderão aproveitar o evento sem pegar nenhum transporte”, enfatiza, lembrando que as distâncias entre as atividades poderão ser percorridas a pé. “Teremos a sensação de ocupar a cidade de um jeito diferente e perceberemos que é possível aprender em todos os lugares, seja na rua, na praça ou na escola.”

Oficinas

A partir das 11h, alunos e educadores da Escola Estadual Caetano de Campos realizarão oficinas de costura, desenho, danças, xadrez, origami e cupcakes, entre outras. Uma parede da escola será grafitada durante o evento. Além disso, quem quiser aprender a andar de skate na Praça Roosevelt receberá instruções de jovens da escola.

Quem quiser ajudar este projeto pode, até o dia 11/5, fazer uma doação através de um financiamento coletivo via Catarse. A arrecadação visa ajudar não apenas nas atividades da Virada Educação, mas também na produção de um livro e um filme sobre o tema pelo Movimento Entusiasmo.

Na Escola Municipal Gabriel Prestes, acontecerá uma feira de troca de brinquedos das 9h às 13h e uma oficina de cozinha experimental que estimulará crianças a produzir alimentos.

Também está marcada para as 11h a atividade “O enigma do Centro: um jogo para curiosos”, que começará na entrada da E.E. Caetano de Campos e levará uma série de desafios que testarão os conhecimentos e as habilidades de detetive dos participantes.

Gravatá ainda comentou sobre as duas Viradas acontecerem no mesmo dia. “Foi proposital. Pensamos que podia ser uma conexão interessante para colocar a palavra Educação na cabeça das pessoas”, finaliza.

Confira a programação completa da Virada Educação