Aprender na cidade

Instituto Brincante convida paulistanos para ato lúdico no Ibirapuera

Para protestar contra o fechamento de mais um espaço de cultura, arte e educação em São Paulo, o Instituto Brincante convida músicos, dançarinos, palhaços, atores, acrobatas e contadores de histórias para levarem sua arte ao Parque Ibirapuera no próximo domingo, dia 3/8.

FicaBrincanteO evento, chamado de 1ª Brincada Mundial, será realizado em prol da continuidade dos projetos educativos do Instituto Brincante em seu espaço na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, onde está há 22 anos. Em maio, o Instituto recebeu uma notificação que pedia a desocupação do imóvel, sob pena de sofrer ação de despejo. Segundo nota publicada pelo Instituto, uma construtora pretende construir ali um prédio comercial no bairro.

Nos últimos dias, o movimento nas redes sociais a favor da continuidade do espaço ganhou força com a hashtag #FicaBrincante.

A cidade de São Paulo corre mais uma vez o risco de perder um espaço que é referência em cultura brasileira e por onde já passaram mais de 20 mil alunos, que participaram de cursos como Dança e Percussão, Frevo e Capoeira e Cultura da Infância, entre muitos outros.

Vocação

Segundo uma nota dos fundadores do espaço, o músico Antonio Nóbrega e a atriz e dançarina Rosane Almeida, o proprietário do imóvel vendeu o terreno para uma incorporadora. Porém, como atual inquilino, o Instituto teria prioridade na opção de compra, mas não foi consultado. Em um abaixo-assinado pela manutenção do Brincante onde está, eles declaram que há interesse, sim, na compra do espaço.

Em entrevista ao VilaMundo, Rosane teceu reflexões acerca da importância do Brincante frente a uma “lógica capitalista da conquista” existente em São Paulo. “A vocação dos lugares é algo mal compreendido no Brasil e as culturas tradicionais ponderam muito sobre isso. Esse espaço geograficamente nos acolheu. Pode ser que o tempo dele tenha acabado e a vocação daqui seja para outras coisas agora. Não sou eu quem vai responder isso, vai ser um contexto histórico”, observa a dançarina.

“Precisamos de saídas para contrabalancear esse estado de tensão [na cidade]. Tem que existir mecanismos de relaxamento, de acolhimento, de sorriso. Isso só vai ser valorizado se, racionalmente, construirmos parques, pontos de encontro, lugares onde o ‘sensível’ tenha espaço.”

A Brincada

Os organizadores da Brincada convocam os cidadãos para tocar, dançar e ouvir ritmos brasileiros, construir brinquedos, participar de cirandas e rodas de verso, ouvir e contar histórias, jogar capoeira e inventar brincadeiras. O evento, cuja página do Facebook já conta duas mil pessoas confirmadas, começará às 16h e às 18h haverá um show do músico Antonio Nóbrega.

Serviço
1ª Brincada Mundial
Data: 3/8 (domingo)
Local: Área externa do Auditório Ibirapuera (Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque Ibirapuera)
Horário: 16h – Brincada; 18h – Show de Antonio Nóbrega