Criar na cidade

Plataforma digital estimula jovem a ser protagonista de sua educação

por Débora Gonçalves, do VilaMundo.

Criadores do site melhorescola.net, que ajuda pais a encontrarem a instituição de ensino mais adequada para os filhos, os amigos Juliano Souza e Sérgio Andrade resolveram lançar uma plataforma livre de educação por projetos.

O primeiro encontro organizado pela dupla, que prevê  uma discussão sobre como o Educando por Projetos funcionará na prática, dará início aos  desafios do canal. Com o tema “Desafio da Água”, a oficina acontecerá na próxima segunda-feira (9), na Laboriosa 89, espaço localizado na Vila Madalena. O encontro servirá para criar um projeto piloto, antes de colocar a plataforma no ar. Segundo Sérgio, “a ideia é que no encontro, além de criar o desafio da água, a gente já comece a entender como essa plataforma vai ser, como ela vai estimular as pessoas a participar e como vai guiar o aprendizado”.

De acordo com  o administrador de empresas Sérgio Andrade, a partir do melhorescola.net, Juliano e ele tiveram bastante contato com o universo da educação e as diferentes metodologias de ensino. O método SOLE (Self Organized Learning Environment), do indiano Sugata Mitra, que estimula a autonomia infantil no processo educativo, chamou especialmente a atenção dos dois. “Ele criou uma metodologia de educar as crianças por perguntas, e a gente teve contato com isso e pensou: ‘Nossa, que interessante’”, relembra o administrador.

Movidos ainda por outras iniciativas, como o Khan Academy, que disponibiliza ferramentas on-line para que os estudantes aprendam dentro de seu próprio ritmo, e o Geekie Games, projeto que oferece tecnologias de aprendizado adaptativo para os interessados em se preparar para o Enem, a dupla desenvolveu uma ferramenta  com potencial para atingir várias pessoas.

Sérgio acredita que, apesar de o impacto social de canais como o Khan Academy e o Geekie Games ser positivo, eles ainda servem, principalmente, para preparar estudantes para vestibulares. “Pensamos em como fazer uma plataforma que deixasse os jovens serem protagonistas de sua educação para que se  tornem adultos com mais autoconhecimento”, explica.

Oficina "Desafio da Água" acontece na próxima segunda-feira.

Oficina “Desafio da Água” acontece na próxima segunda-feira.

Divulgação

Neste primeiro desafio, os estudantes deverão tentar achar soluções para a crise hídrica que atinge os paulistas  “A finalidade é que eles aprendam matemática, geografia, porque vai estar tudo interligado”, pontua Sérgio. Para se inscrever, basta acessar o Cinese e efetuar o cadastro. O encontro é gratuito e acontece das 18h30 às 22h30, na Rua Laboriosa, 89, Vila Madalena.

Com a plataforma Educando por Projetos, os amigos pretendem elaborar desafios em parceria  com a comunidade, contando com a ajuda de professores e educadores, e aplicá-los para estudantes dos ensinos fundamental e médio.

Um site livre, que todos consigam ter acesso e, futuramente, participar do processo de produção de conteúdo é a aspiração dos idealizadores  do Educando por Projetos. Além da comunidade, a plataforma deve contar ainda com a associação de escolas, que podem colaborar no estímulo aos estudantes e na elaboração dos desafios.