Transformar a cidade

Na Itália, quem for à escola de bicicleta ganha pontos extras nas avaliações

Os alunos da escola pública Liceu Antonio Meucci, localizada em Aprili, cidade italiana próxima de Roma, têm agora um motivo além da sustentabilidade para fazer o trajeto casa-escola pedalando.

Através do projeto Bike Control, que instalou sensores nas bicicletas que controlam distância percorrida e a quantidade de gás carbônico que deixa de ser emitida na atmosfera ao usar a bicicleta no lugar do carro, estudantes do ensino médio ganham pontos extras na avaliação escolar, como se fossem atividades extracurriculares.

Idealizado pelo ex-aluno Lorenzo Catalli, o projeto busca incentivar o uso do meio de transporte alternativo como forma de reduzir as emissões de poluentes. Para receber a bonificação, é necessário que o estudante use a bicicleta pelo menos três vezes por semana para ir ao colégio.

Em vigor há mais de um ano, o Bike Control poupou a emissão de mais de uma tonelada de gás carbônico na atmosfera. O sucesso da iniciativa despertou o interesse das prefeitura, que passou a financiar a produção e instalação dos sensores nas bicicletas e, ainda, pretende estender o projeto a outras instituições públicas e privadas.

Leia a matéria na íntegra aqui.