Criar na cidade

Ateliê Móvel leva oficinas de artes visuais para comunidades de Jacareí

Desde o início do mês de julho, um veículo incomum anda circulando pelas ruas de Jacareí, cidade do Vale do Paraíba situada a cerca de 80 quilômetros de São Paulo. Uma Kombi estilizada e colorida tem chamado a atenção dos moradores locais.

Quando o carro para, lê-se em letras garrafais: Ateliê de Artes Visuais Móvel. A porta se abre, desce um toldo, saem de dentro mesas e cadeiras de plástico, assim como papéis, tesouras, pincéis e tintas. Está dado o primeiro passo para as oficinas e workshops de artes visuais que abarcam atividades artísticas como pintura, gravura, desenho, modelagem, experimentação gráfica e grafite. Tudo de graça.

Idealizadores do projeto ao lado da kombi estilizada.

Idealizadores do projeto ao lado da kombi estilizada.

Valter Pereira/PMJ

Criar um ateliê dentro de uma Kombi não foi tarefa fácil: a adaptação durou três meses. Mas o resultado valerá a pena. Em quatro meses, o projeto tem a intenção de percorrer mais de 30 bairros de Jacareí, ou mais de 80% da malha urbana do município, segundo o idealizador do projeto, o artista plástico e arquiteto Amilton Damas. O workshop inaugural aconteceu na manhã de 4 de julho, um sábado, no centro de Jacareí.

“O ateliê móvel alcança regiões que não possuem infraestrutura adequada, propondo uma atividade diferente, com autonomia e ao ar livre”, aponta Damas. Em bairros como o Cepinho e o Conjunto 22 de Abril, a recepção à Kombi costuma ser calorosa por parte das crianças e dos jovens. “Elas se encantam com o trabalho.”

As atividades do Ateliê são realizadas em espaços públicos como pátios, praças e campos de futebol. “Queremos estar perto dos lugares onde as pessoas se encontram. Nossa ideia é revelar talentos na comunidade e incentivar mais pessoas a produzir arte”, afirma o arquiteto.

Mapa mostra os locais de atuação da van em Jacareí; oficinas em vermelho, workshops em verde e exposição final em azul.

Mapa mostra os locais de atuação da van em Jacareí; oficinas em vermelho, workshops em verde e exposição final em azul.

Divulgação

O Ateliê de Artes Visuais Móvel é beneficiado pela Lei de Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Jacarehy José Maria de Abreu. Interessados em participar das atividades podem se inscrever no próprio local. Para participar dos workshops é necessário que se compareça com 10 minutos de antecedência.

Como tudo começou

Foi uma oficina de xilogravura que aproximou o então arquiteto das artes plásticas, em 1995. Desde então, Amilton recebeu prêmios por seus trabalhos gráficos e se transformou em um incentivador da arte. Cerca de 20 pessoas o ajudam a tocar o Ateliê, entre artistas e arte-educadores. “O projeto possibilita a troca de experiências entre artistas e comunidades sobre as práticas e estudos das artes na região”, observa.

Além do workshop inaugural, já aconteceram outras quatro oficinas em julho. Até o final do mês, serão realizadas mais oito atividades (veja a lista abaixo), que continuarão durante os meses de agosto, setembro e outubro.

A partir de novembro será montada uma exposição no EducaMais Jacareí, mostrando o material produzido nas oficinas e fotografias do processo. Gratuito, o evento promoverá ainda encontros dos participantes do projeto com artistas da região.

Confira a agenda de julho do Ateliê Móvel de Artes Visuais 

18/7, 14h às 17h30 – Workshop de Gravura – Vila Garcia
20/7, 8h30 às 11h – Oficina de Gravura e Desenho – Vila Garcia (rua Rafael Sola Sanches)
22/7, 8h30 às 11h30 – Oficina de Gravura e Desenho – Conj. 22 de Abril (rua Primeiro de Julho)
25/7, 9h às 13h – Oficina de Pintura – Cepinho (estrada Júlio de Carvalho)
25/7, 14h às 17h30 – Oficina de Pintura – Paraíso
27/7, 8h30 às 11h – Oficina de Gravura e Desenho – Vila Garcia (rua Rafael Sola Sanches)
29/7, 8h30 às 11h30 – Oficina de Gravura e Desenho – Conj. 22 de Abril (rua Primeiro de Julho)
31/7, 9h às 13h – Wordkshop de Serigrafia – Jardim Colônia