Transformar a cidade

Ocupação do espaço público e ativismo urbano são temas de debates em São Paulo

O Centro Universitário Maria Antonia promoverá, nos dias 17 e 24/8, duas rodas de conversa sob o tema “Ativismos na cidade: fricções entre o público e o privado”, como parte do ciclo Inquietudes Urbanas, que debate as relações entre universidade pública e espaço urbano.

No dia 17, estarão presentes movimentos de ocupação do espaço público em São Paulo, artistas e ativistas para discutir urbanismo tático e o poder público, como os coletivos Arquitetura e Gentrificação, Assalto Cultural, A Batata Precisa de Você, Casa Latina, Casa da Lapa, Casarão do Belvedere, Casa Rodante, Coletivo BijaRi, Coletivo Cartográfico,  Contra-filé, Política do Impossível, Terreyro Coreográfico e Wikipraça, e o artista Paulinho Fluxus.

Seguindo este debate, no dia 24, uma mesa com o professor da Faculdade de Arquitetura Urbanismo da Universidade de São Paulo, Guilherme Wisnik, com o secretário-adjunto de Direitos Humanos de São Paulo, Rogério Sotilli e com os ativistas Thiago Carrapatoso e Laura Sobral, irá abordar a emergência dos movimentos auto-geridos de ocupação da rua, sob a ótica de sua legitimidade e da ideia da esfera pública.

Acesse o site do Maria Antonia para saber mais