Aprender na cidade

Refugiados realizam torneio de futebol em São Paulo

São Paulo recebe nos dias 1, 2 e 8 agosto,  18 seleções de diversos países para a II Copa dos Refugiados. Organizada inteiramente por refugiados e solicitantes de refúgio, o evento ocorrerá no Centro Esportivo, Recreativo e Educativo do Trabalhador (CERET), no bairro do Tatuapé, zona leste da capital paulista.

Copa do Mundo dos Refugiados: união e celebração de identidades
Refugiados visitam e aprendem no parque mais antigo de São Paulo

O objetivo da Copa é dar visibilidade à questão do refúgio, celebrar o acolhimento recebido em São Paulo e também romper barreiras, como o preconceito e a falta de informação sobre a situação de refúgio.

A II Copa dos Refugiados tem o apoio do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), Caritas Arquidiocesana de São Paulo, Prefeitura Municipal de São Paulo, Colégio São Luís, Cruz Vermelha, Sesc, Sindibast, UGT, Colégio Espírito Santo, Da Veiga Corretora de Seguros, Irmãs Missionárias do Espirito Santo e Paróquia Cristo Rei – Tatuapé.

 

E esta edição traz uma novidade: a inclusão da seleção do Haiti. Embora os imigrantes do país caribenho não sejam, em sua maioria, refugiados, o time foi acolhido pelas situações semelhantes que enfrentam no processo de migração.

Nos dois primeiros dias de evento, as seleções jogam partidas eliminatórias para definir quem disputa a final do torneio, prevista para o dia 8 de agosto.

 

 

Confira a tabela dos jogos que acontecem no dia 1º de agosto:

9h Haiti x Iraque

9h40 Nigéria x Burkina Faso

10h20 Guiné Bissau x Gana

11h Angola x Costa do Marfim

11h40 Afeganistão x Síria

13h Togo x Camarões

13h40 R. D. Congo x Mali

14h20 Guiné Conacri x Gâmbia

15h Serra Leoa x Paquistão

Serviço

O quê: II Copa dos Refugiados 
Quando: dias 1 (sábado), 2 (domingo) e 8 (sábado) de agosto
Onde: Centro Esportivo, Recreativo e Educativo do Trabalhador (CERET) Tatuapé – Rua Canuto de Abreu, s/n°, bairro do Tatuapé, São Paulo.
Horário: a partir das 9h (todos os dias)