Transformar a cidade

Desafio premiará projetos estudantis que transformem a escola e a comunidade

Com inscrições abertas até o dia 31/10, o Desafio Criativos da Escola premiará iniciativas protagonizadas por crianças e jovens e apoiada pelos educadores que impactem e transformem a realidade das escolas e suas comunidades. Recuperar uma praça abandonada e torna-la um espaço de lazer e incentivar os jovens a irem para a escola de bicicleta são alguns dos inúmeros exemplos de como a criatividade pode ajudar na evolução da educação brasileira.

Iniciativa do Instituto Alana, o projeto terá um júri que selecionará cinco histórias de transformação em todo o Brasil. Compõem o júri Helena Singer, colunista do Portal Aprendiz, e Anna Penido, diretora-executiva do Instituto Inspirare, entre outros.

O projeto Design For Change, no Brasil, ele acaba de ser batizado como Criativos da Escola. levado adiante pela educadora indiana Kiran Bir Sethi, parte da premissa de que todo jovem é um agente de transformação de sua realidade. Desde 2009, a iniciativa coleciona mais de duas mil histórias e quase oito mil pelo mundo.

Formada em design, Kiran também é fundadora da Riverside School, em Ahmedabad, a quinta maior cidade da Índia, com aproximadamente seis milhões de habitantes. Com a capacidade de receber 390 estudantes – dos quais 25% são bolsistas integrais, a escola se tornou referência mundial por sua pedagogia livre e inovadora. Além de ser uma instituição de ensino, também é um centro de pesquisa em educação e leva adiante inúmeros projetos sociais.

O site do projeto disponibiliza textos, vídeos e reflexões que podem ajudar os educadores que têm interesse em desenvolver projetos de transformação com seus alunos.

A divulgação do prêmio acontece em novembro. No início de dezembro, os autores das cinco ideias escolhidas viajarão à São Paulo para vivenciar uma experiência de inovação durante dois dias.

A escola ganhadora receberá R$ 2 mil para celebrar a conquista com toda a comunidade escolar. Educadores responsáveis pelos grupos ganharão R$ 1 mil para fazer um curso a sua escolha.