Criar na cidade

Virada Ocupação convoca artistas, produtores e jornalistas para programação em prol da educação

Criolo, Tiê, Paulo Miklos, Maria Gadú e Edgard Scandurra estão circulando na internet e nos meios de comunicação como alguns dos nomes confirmados. Mas, segundo Anna Lívia Arida, da Minha Sampa, entidade que organiza a Virada Ocupação em apoio aos estudantes ocupados de São Paulo, muitos outros nomes da música brasileira estão interessados em participar e apoiar os jovens, assim como mais de 500 artistas inscritos virtualmente até agora.

“Em momentos históricos, os artistas surgem como aliados importantes de causas coletivas. Nossa causa é a educação. O momento é agora. Venha apoiar as ocupações com arte!”, convida o site da iniciativa. Lá, é possível encontrar formulários para se inscrever como voluntário, como artista e como produtor.

Site da plataforma colaborativa que está organizando a Virada Educação.

Site da plataforma colaborativa que está organizando a Virada Educação.

Virada Educação/Minha Sampa

Até o momento já estão inscritos 501 artistas, 360 produtores e 350 pessoas para cobrir o evento, totalizando mais de mil voluntários. Programado para acontecer entre domingo e segunda-feira (6 e 7/12), o Viradão terá sua programação divulgada apenas em cima da hora pelas redes sociais, para evitar ações de represália e sabotagem.

O site da iniciativa ressalta que os alunos têm recebido “abusos diários da polícia e de parte do corpo docente das escolas ocupadas. Além disso, a gestão Alckmin já anunciou o corte no bônus dos professores de escolas ocupadas, numa tentativa de jogar o corpo docente contra os alunos”. A proposta é contrabalancear este movimento negativo com arte e cultura.

Chico César, que já fez shows na E. E. Fernão Dias, é um dos muitos artistas apoiando as ocupações.

Chico César, que já fez shows na E. E. Fernão Dias, é um dos muitos artistas apoiando as ocupações.

O Mal Educado l Reprodução

“Se você é cantor, músico, produtor, ou tem algum equipamento de som na sua casa e está disposto a ajudar, inscreva-se e ajude a transformar as ocupações em uma grande oportunidade para os alunos, e toda a população paulista, aprenderem que todos nós podemos mudar as decisões políticas do nosso Estado se nos mobilizarmos para isso”, convoca a Minha Sampa.

Acesse o site da Virada Ocupação para saber mais.