Criar na cidade

MASP realiza exposição Playgrounds para discutir o público e o lúdico no museu

Em 1969, quando o Museu de Arte de São Paulo (MASP) era inaugurado, o artista Nelson Leirner ocupou o Vão livre do museu com a exposição Playgrounds, que trazia obras participativas e abertas, para convidar o público a consolidar o espaço, brincar com a cidade e misturar arte e vida. Quase 50 anos depois, o museu volta à esta provocação e apresenta seis artistas contemporâneos com uma exposição de mesmo nome.

Carrossel de Maria Helena Chartuni no vão livre do MASP, década de 70,

Carrossel de Maria Helena Chartuni no vão livre do MASP, década de 70,

MASP/Reprodução

Do dia 17 de março e até 31 de julho deste ano, a exposição irá ocupar o Vão livre o e segundo subsolo do museu com propostas de artistas e coletivos, tendo como convidados : Ernesto Neto (Rio de Janeiro), Yto Barrada (Marrocos), Céline Condorelli (França/Inglaterra), Rasheed Araeen (Paquistão/Inglaterra) e os coletivos Grupo Contrafilé (São Paulo) e O Grupo Inteiro (São Paulo).

 “Em um dos desenhos de Lina para o museu, Esculturas praticáveis do Belvedere, Museu Arte Trianon (1968), a arquiteta retrata a área do Vão Livre como um playground para crianças. Com essa proposta, as crianças não só trariam alegria ao museu, mas também poderiam ter interesse em adentrá-lo e conhecer o acervo por vontade própria”. (Fonte: MASP)

Com curadoria de Adriano Pedrosa, Julieta Gonzáles e Luiza Proença, a exposição “não pretende recriar a exposição original com obras de Leirner, mas sim recuperar a dimensão do engajamento e do jogo como uma forma emancipatória e um modo de organizar a vida social e coletiva da comunidade do museu”, em diálogo com a concepção arquetetônica de museologia de Lina Bo Bardi, que desenhou o MASP dando destaque ao espaço público.

A exposição também visa discutir como se dá a parte educativa do museu, que atravesse um processo de reformulação. “ A educação, antes um “serviço” oferecido após a concepção das exposições, se difunde em todo o museu – entendido como um ambiente de convivência, formação e compartilhamento de conhecimento que pode engajar diferentes públicos de modos variados”, afirmam os organizadores.

Serviço Playgrounds

Quando? De 17/3 até 31/7, de terça a domingo, das 10h às 18h e quinta-feira das 10h às 20h.
Onde? 2º subsolo e Vão Livre do MASP, na  Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP
Quanto? R$ 25 (entrada) e R$ 12 a meia. Às terças-feiras, a entrada é gratuita.
Contato: (11) 3149-5959