Aprender na cidade

Programa busca projetos inovadores voltados ao desenvolvimento da primeira infância

Apoiado no Brasil pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV), o programa Saving Brains lançou a quinta edição de edital para projetos de inovação que atuem no desenvolvimento infantil – especialmente durante a primeira infância – e está com inscrições abertas até 29/7.

O Saving Brains é uma parceria do Grand Challenges Canada, Fundação Aga Khan Canada, Fundação Bernard van Leer, Fundação Bill & Melinda Gates, Fundação ELMA, Grand Challenges Etiópia, Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, Fundação Palix, Fundação UBS Optimus e World Vision Canada. Destina-se a apoiar ideias ousadas para produtos, serviços e modelos de implementação que protejam e cuidem do desenvolvimento inicial do cérebro, relevantes para populações em situação de vulnerabilidade em países de baixa ou média renda.

São procuradas iniciativas que busquem soluções para desnutrição, exposição à contaminações e poluentes, socialização inadequada, saúde materna, deficiências sensoriais, negligência, violência, aprendizagem e estresse tóxico.

Em sua terceira edição com participação da FMCSV, o edital já recebeu 230 inscrições, sendo 52 brasileiras. Atualmente, 5 projetos são apoiados no Brasil através da iniciativa.

“O objetivo do programa é ampliar o capital humano da nossa sociedade por meio de financiamento de projetos inovadores que promovam soluções relacionadas ao desenvolvimento nos primeiros mil dias de vida das crianças, de forma a gerar mudança sistêmica e de maneira sustentável”, afirma a descrição do edital, que aportará até $250 mil dólares canadenses para financiar projetos por 24 meses.

As propostas devem contemplar produtos, serviços e modelos de implementação que sejam acessíveis economicamente, viáveis em larga escala, sustentáveis e baseados em evidências científicas.

Para conhecer os projetos apoiados, acesse o site do Saving Brains. Confira o edital completo aqui e para dúvidas, acesse o FAQ do edital e se inscreva por aqui.  Saiba mais pelo site da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV).

(A imagem que ilustra essa matéria é de Made Anka Asril, via Flickr/Creative Commons);