Transformar a cidade

Seminário discute trajetória e desafios do Bairro Educador de Heliópolis

“Acreditamos que a transformação de Heliópolis e região em um Bairro Educador exige a criação de práticas educativas centradas na valorização do ser humano e na construção, vivência e disseminação de novos valores que tragam a possibilidade real de uma sociedade mais justa, igualitária e humana.”

É assim que começa o convite para o VI Seminário Heliópolis Bairro Educador, que será realizado através de uma parceria entre a UNAS (União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região) e o CEU Heliópolis Profª. Arlete Persoli.

Sob o tema Educação Popular, Direitos Humanos e Democracia, o evento acontece nos dias 29 e 30/9, nas dependências do CEU Heliópolis (Estrada das Lágrimas, 2385), na zona sul de São Paulo.

“A comunidade organizada de Heliópolis se empenha, há algumas décadas, na transformação de seu território em um Bairro Educador. Na gênese deste processo está o encontro da UNAS com a EMEF Presidente Campos Salles. A parceria entre o movimento social e a escola pública suscita uma enorme transformação no território, a começar pelo desenvolvimento de princípios norteadores comuns que orientam e organizam a vida político-pedagógica da população”, prosseguem os organizadores.

O VI Seminário Heliópolis Bairro Educador será realizado através de uma parceria entre a UNAS e o CEU Heliópolis Profª. Arlete Persoli.

Em junho, 18ª edição da Caminhada da Paz reuniu cerca de 20 mil pessoas.

Os princípios comuns são estes:

– Autonomia: a base do processo de constituição do sujeito, que deve ser compreendido como um agente social, cujas ações e desejos se elaboram em comunhão com o outro

– Responsabilidade: um fator imprescindível para a formação do sujeito verdadeiramente autônomo

– Solidariedade: o que dá sentido à vida do sujeito social

– Tudo passa pela Educação: a escola é um dos lugares onde acontece a educação, mas não é o único; toda a sociedade deve ser educadora e educanda

– A Escola é um centro de liderança na comunidade onde está inserida: para isso, a escola deve trabalhar articuladamente com as lideranças já constituídas na comunidade e se preocupar com o fomento de novas lideranças

De sexta-feira (30/9) a domingo (2/10) acontece a segunda edição da Mostra de Teatro de Heliópolis, que reúne grupos, coletivos, artistas independentes e associações que desenvolvem trabalhos ligados às artes cênicas em comunidades populares e periferias. Confira a programação completa!

O Seminário terá início na quinta-feira (29/10), às 19h, com uma mesa de abertura. No dia seguinte, a partir das 8h e até o meio-dia, os participantes serão convidados a escolher uma de oito mesas de discussão que acontecerão simultaneamente, com temas como educação e luta de classes, vulnerabilidade de espaços públicos, memória e resistência e o direito à cidade. Grupos de discussão temáticos darão prosseguimento ao evento.

“Em tempos de crise política e diante das reais ameaças de perdas e retrocessos, ousamos debater as práticas de Educação Integral que temos construído em nosso cotidiano, como forma de resistência na defesa dos direitos humanos. Acreditamos que o currículo vivo e significativo é aquele que se constitui a partir da memória local e da apreensão crítica da realidade”, aponta a organização.

Inscreva-se no VI Seminário Educação: Heliópolis Bairro Educador.