Criar na cidade

Filme ‘Miradas’ estuda o brincar espontâneo das crianças

Como brinca uma criança quando coloca as mãos na terra ou quando tem um amplo quintal para correr? É para saber o que desvela o brincar espontâneo e livre das crianças que nasceu o filme Miradas, documentário disponível para assistir online na plataforma de streaming Videocamp.

Leia +: Como brincar com a natureza estimula o desenvolvimento das crianças

Idealizado pelo programa Território do Brincar, do Instituto Alana, o filme convidou oito pesquisadores da infância – Beatriz Olival, Elisa Hornett, Gabriel Limaverde, Lia Mattos, Reinaldo Nascimento, Renata Meirelles, Sandra Eckschmidt e Soraia Chung Saura – para que, durante um ano, se dedicassem a observar o brincar livre e sem regras de crianças em diferentes contextos.

Para fazer essa pesquisa, o grupo se orientou pela fenomenologia do escritor Johann Wolfgang von Goethe, que tem como premissa a apreensão do fenômeno, o voltar a olhar para as essências e a valorização da percepção sensorial. O percurso de quatro passos do filme foi referenciado nos elementos da natureza: terra, água, fogo e ar.

“Temos que desaprender muita coisa para, então, nos colocarmos no lugar cuidadoso de observador. E essa construção de um olhar só se cria e se desenvolve quando paramos efetivamente para ver as crianças brincando”, ressalta Renata Meirelles, coordenadora do programa Território do Brincar.