Aprender na cidade

Todos Versus Fake: projeto sobre desinformação está com inscrições abertas

O que significam conceitos como fake news, desinformação e infoxicação? Como identificar fontes de informação de qualidade para evitar enganos? Como a junção entre comunicação e tecnologia pode servir como interface para a educação contra a desinformação?

Leia+: Contra fake news, BBC News Brasil cria oficina de alfabetização midiática para jovens

Atualmente, na medida em que o fluxo de informações é cada vez mais rápido e a distinção entre fato e ficção cada vez mais frágil, torna-se fundamental adquirir uma conduta crítica frente às notícias: classificar e avaliar as informações, compreender os mecanismos que regulam as funções nas mídias sociais e os interesses comerciais aos quais os provedores das plataformas estão ligados.

Para trocar perspectivas e discutir soluções para o combate à desinformação, o Goethe-Institut São Paulo organiza o projeto Todos Versus Fake. 

Nos dias 10, 11 e 12 de outubro o evento promove palestras e oficinas que proponham uma reflexão sobre o tema da desinformação de uma perspectiva transnacional e multidisciplinar. O evento reúne profissionais do jornalismo, ativistas das mídias, hackers e programadores de países como Alemanha, Argentina,Brasil, Colômbia e Chile.

“Os desafios das fake news para o jornalismo se dão em duas frentes: o primeiro tem a ver com o próprio ofício, com a questão de como estamos fazendo jornalismo e como podemos fazê-lo com a excelência e a suficiência necessárias para podermos competir com a desinformação. O outro desafio tem a ver com a capacidade de desconstruir a desinformação a partir do discurso e da denúncia (jornalismo investigativo)”, explica o colombiano Camilo Andrés Jiménez Santofimio, Bogotá, editor-chefe do Arcadia e que participa do evento.

A programação completa e as  inscrições para as atividades estão disponíveis no site do Goethe-Institut. Todas as atividades são abertas ao público e gratuitas. 

Depois de discutir os problemas que envolvem o fenômeno das Fake News, o projeto vai pensar maneiras para combatê-las.

Nos dias 12 e 13 de outubro haverá a realização de um Hackaton. Trata-se de uma maratona de trabalho com hackers, desenvolvedores de games, jornalistas e produtores de conteúdo, que produzirão games, apps e conteúdos online que proponham combater de forma lúdica e instigante a desinformação e as fake news. Os resultados do Hackaton serão apresentados no final do dia 13 de outubro (domingo).