Transformar a cidade

Campanha reforça a importância das organizações para a garantia dos direitos humanos

Neste dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, a Abong – Organizações em Defesa dos Direitos e Bens Comuns e a Cardume lançam a campanha #SomosTodosONG.

A ideia é reforçar a importância das organizações da sociedade civil na luta pela defesa e promoção dos direitos humanos e ambientais, e pela construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Leia+Como os direitos humanos são entendidos no Brasil?

“O atual governo brasileiro age no sentido de desproteger a cidadania. Em tempos em que presenciamos inúmeros retrocessos e ameaças a esses direitos, assim como avançam as perseguições a organizações e ativistas que se dedicam a estas causas, inclusive com tentativas de criminalização deste ativismo, mais do que nunca se faz necessário conectarmos as nossas lutas”, afirmam em nota.

Para celebrar o lançamento e marcar a data em que Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 71 anos, acontece um ato no Vão Livre do Masp, em São Paulo. Panfletagem, jogos e diálogos de conscientização do papel e importância das organizações não governamentais para a garantia de direitos estão na programação.

Direitos Humanos no Brasil

O Brasil é considerado referência internacional em legislação de direitos humanos. Signatário dos principais tratados internacionais, o país também é inovador por ter incorporado, em sua última e vigente Constituição, os direitos humanos – que trata como sociais – no primeiro capítulo do texto.

Entretanto, de acordo com a pesquisa lançada pela Ipsos em 2018, 54% dos brasileiros não se veem defendidos pelos direitos humanos; 66% acreditam que direitos humanos defendem mais criminosos do que suas vítimas; e há ainda 21% da população que se dizem contrárias os direitos humanos.

Ato #SomosTodosDireitosHumanos
Data: 10 de dezembro (terça-feira)
Horário: Das 14h às 18h
Local: Vão Livre do Masp – SP