Home Transformar a cidade

ONU lança publicação sobre parques urbanos com perspectiva de gênero

Desenvolvido pelo Instituto Semeia e pelo Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS), Parques para Todas e Todos é uma ferramenta para inspirar a construção de espaços mais diversos a partir da inserção da perspectiva de gênero em parques urbanos em sua implantação ou gestão. Nele podem ser encontradas diretrizes, sugestões e ideias para começar a pensar em parques que considerem as necessidades de todas e todos.

Matéria publicada originalmente no site Archdaily Brasil, com autoria homônima.

Disponível gratuitamente no site do Instituto Semeia, a publicação discorre sobre a perspectiva de gênero e apresenta recomendações para parques urbanos e parcerias com a iniciativa privada, além de contar com um glossário de conceiros para ajudar a compreender temos como Agenda 2030, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, igualdade de gênero, mobilidade ativa, entre outros.

desenho sobre parques urbanas com perspectiva de gênero

Parques para Todas e Todos é uma ferramenta para inspirar a construção de espaços mais diversos a partir da inserção da perspectiva de gênero em parques urbanos em sua implantação ou gestão / Crédito: Instituto Semeia

“No UNOPS, partimos do pressuposto de que para criar uma infraestrutura é preciso olhar para as necessidades de cada tipo de pessoa que vai utilizá-la. Assim, essa publicação vem para facilitar o trabalho de governos locais ao olhar para os públicos de parques de maneira inclusiva”, explica a representante do UNOPS no Brasil, Claudia Valenzuela.

Já Fernando Pieroni, diretor-presidente do Instituto Semeia, ressalta que “ao aportar maior flexibilidade gerencial, as parcerias com a iniciativa privada podem ser importantes instrumentos para apoiar os governos na implementação de políticas públicas voltadas à inclusão e diversidade, como, por exemplo, melhoria da segurança ou campanhas de conscientização”.