Criar na cidade

Webinário da Cidade Escola Aprendiz discute importância da intersetorialidade em tempos de crise

No dia 23 de setembro, a Associação Cidade Escola Aprendiz realiza o webinário Territórios Educativos: Intersetorialidade em Tempos de Crise. Agentes das áreas de educação, saúde e assistência social de diferentes territórios de São Paulo trarão perspectivas de como o trabalho intersetorial assegura direitos de crianças e adolescentes, especialmente em tempos de crise como a pandemia.

Das 17h às 19h, estarão em debate Rafael Santos, supervisor técnico da SMADS Vila Maria/Vila Guilherme e articulador da zona norte da cidade; a especialista em saúde da família Patrícia Santos, da zona leste, a pesquisadora Lilian Soares e a professora de educação infantil Sonia Dela Roza, da EMEI Monteiro Lobato, escola no centro da capital.

O evento faz parte da programação do projeto “Educação Integral para uma Cidade Educadora: Formação de Agentes Socioeducativos para apoiar o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes da cidade de São Paulo”, realizada pela instituição e com apoio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), por meio do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD).

“O objetivo da formação era chegar nos profissionais da assistência social, cultura, saúde e explicar o porquê da importância do desenvolvimento integral e o que significa o território educativo, puxando o foco para os direitos humanos. A intersetorialidade é essencial para garantir direitos”, explica Raquel Coelho, educadora e gestora de projeto da Associação.

Os primeiros quatro encontros do projeto aconteceram de forma presencial com diferentes territórios da cidade no fim de 2019. Por conta da pandemia, o restante da formação aconteceu em um curso EAD durante seis semanas, formando 74 profissionais de diferentes áreas.

Webinário Territórios Educativos: Intersetorialidade em tempos de crise
Dia:
23 de setembro, das 17h às 19h
Locais para assistir: Facebook e Youtube da plataforma Educação e Território.