Arquivo

Cientistas brasileiros protestam pela destinação dos royalties do pré-sal para educação

SBPC e a Academia Brasileira de Ciências (ABC) realizarão um ato público em favor da destinação de parte expressiva dos royalties do pré-sal para investimentos em educação e em ciência, tecnologia e inovação (C,T&I).

O evento ocorrerá nessa quinta-feira, 29, às 15h, no plenário 1 do anexo II da Câmara dos Deputados, em Brasília. Estão sendo convidados diversas entidades das áreas educacional, científica e empresarial, os ministros da Educação e da Ciência e Tecnologia, deputados e senadores.

“Nossa proposta é que os royalties do pré-sal sejam utilizados para resolver duas questões importantíssimas para o futuro do Brasil: melhorar a qualidade do ensino público e dotar nossas instituições de pesquisa e empresas das condições necessárias para promover a inovação tecnológica”, explica Helena Nader, presidente da SBPC. “As reservas do pré-sal são finitas; temos que empregar os royalties no desenvolvimento social e econômico de todo o País, em vez de gastá-los no pagamento de despesas imediatas da administração pública”.

O projeto de lei 8.051/2010, que determinará as regras de partilha dos royalties provenientes da exploração de petróleo na camada do pré-sal, está na pauta da votação da Câmara dos Deputados.