Arquivo

Decoração de Natal em São Paulo: a ilusão das árvores de plástico

São Paulo recebeu 400 árvores de plástico.

Por Ricardo Cardim, do Blog Árvores de São Paulo

Realmente moramos no país da piada pronta. Uma metrópole que necessita urgentemente de mais árvores nas suas ruas recebe de Natal 400 árvores de plástico – ou petróleo, como preferirem – com 4 metros de altura e 70 galhos cheios de lâmpadas de LED. Quem vê de relance tem a impressão de que os nossos canteiros centrais finalmente tem uma arborização decente, com árvores bem-formadas, semelhante a uma cidade desenvolvida.

Na Avenida Paulista, a situação chega à ironia da insustentabilidade. O recente projeto de “arborização” dos canteiros centrais repletos de plantas originárias da África ficam alternados com as arvorezinhas sintéticas espetadas em uma base de concreto, criando uma paisagem surreal. Se tivessem plantado araçás e uvaias de bom porte nos canteiros, não precisaria de nada disso – era só iluminar e pronto. A cidade ficava bonita e o meio ambiente e nossa saúde agradeceriam.

Para terminar, o mais interessante é compararmos quanto custa uma muda de árvore natural do mesmo tamanho, capaz de melhorar a vida de todos os paulistanos por décadas, frente ao bizarro simulacro sintético. Certamente custa menos e não é produzido sabe-Deus-como na China.