Arquivo

Cultura e religião não podem justificar preconceito contra gays, diz Ban Ki-moon

Agência Brasil – EBC

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, falou esta semana sobre o preconceito e discriminação contra gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros (LGBT). O representante máximo do organismo internacional alertou que religião, cultura e tradições não devem servir de justificativa para excluir cidadãos do acesso e seus direitos básicos.

Ban gravou uma mensagem que foi exibida em vídeo na Conferência dos Direitos Humanos, Orientação Sexual e Identidade de Gênero, que aconteceu em Oslo (Noruega). Na oportunidade, Ban rechaçou qualquer tipo de agressão contra o grupo e criticou o fato de tais argumentos [cultura, religião e tradição] também serem usados para justificar a escravidão, o casamento de crianças e a mutilação genital feminina.

Leia matéria na íntegra