“A história de São Paulo é a história da periferia”, diz autor de livro sobre Vila Missionária

Obra de Aquiles Coelho da Silva conta passagens importantes do bairro e como a história da capital paulista é também a história da periferia que a rodeia.

Milton Santos: por uma geografia cidadã e ativa

Milton Santos criou epistemologias novas para a geografia brasileira, propondo-a como ferramenta ativa no combate às desigualdades sociais e territoriais.

Hanayrá Negreiros: roupas como dispositivo de memória, história e cultura negra

Pesquisadora e educadora, Hanayrá Negreiros conta como indumentárias e moda negra revelam saberes, memórias e histórias da cultura negra.

Bruninho Souza: “Não dá para pensar política e transformação social se o debate não passar pela educação”

Integrante do Núcleo de Jovens Políticos, Bruninho Souza fala sobre educação, política e como a juventude é parte central de qualquer transformação.

57% dos paulistanos não participa da vida política da cidade, revela pesquisa

Pesquisa da Rede Nossa São Paulo testa como os cidadãos de São Paulo avaliam a qualidade de vida na cidade, e se participam de sua vida política.

Como o conselho tutelar se aproxima da comunidade

No dia 10 de janeiro, conselheiros e conselheiras tutelares em todo Brasil tomaram posse em um novo mandato. Durante os próximos quatro anos, eles zelarão pela garantia de direitos de crianças e dos adolescentes e pelo cumprimento do ECA (Estatuto …

Afrofuturismo inspira editora voltada para autores negros em Brasilândia (SP)

Mantida na casa de Israel Neto, na zona norte, a Kitembo incentiva a produção de autores da região sobre a cultura negra e é inspirada no Afrofuturismo.

Poupatempo LBGT+ oferece serviços de cidadania no Sesc 24 de maio

O Poupatempo LGBT+ oferece serviços de cidadania como retificação de nome e impressão de currículo voltado especialmente para pessoas trans.

Cultura popular brasileira e justiça social: Uma conversa com o mamulengueiro Carlos Gomide

Mamulengueiro Carlos Gomide defende que, para preservar a cultura popular brasileira, é preciso lutar por equidade social para os mestres que a resguardam.

No Maranhão, literatura é ferramenta para remição de pena

No projeto Remição pela Leitura, a leitura e a escrita são parte de um processo de remição de pena oriundo do afeto dos detentos pela literatura.