As precariedades enfrentadas por crianças e adolescentes venezuelanos no Brasil

Segundo estudo, venezuelanos que chegam ao Brasil devido à crise econômica e social que assola o país vizinho encontram dificuldades para frequentar a escola, entre outras.

Como eram a participação social e as lutas identitárias na ditadura militar

A participação social de mulheres, negros, homossexuais e indígenas foi fundamental para a oposição à ditadura militar.

Quais os planos de Haddad e Bolsonaro para as cidades brasileiras?

Conheça as propostas para habitação, direito à cidade e transporte dos candidatos à presidência Haddad e Bolsonaro.

Livros sobre direitos humanos são vandalizados na UnB

O Ministério dos Direitos Humanos lamentou o episódio e ressaltou que a coexistência de ideias é essencial para a construção de uma sociedade plural.

Constituição de 88: a participação social como base e defesa da democracia

Mais do que um documento magno, a Constituição de 88 reflete um projeto de país democrático, no qual o Estado tem o dever de garantir direitos.

5 perguntas sobre direitos humanos respondidas por candidatos à presidência

O Instituto Vladimir Herzog enviou perguntas para os candidatos à presidência sobre questões relacionadas aos direitos humanos.

Direito à cidade e educação pautam movimentos por moradia popular

No seminário “Heliópolis: Bairro Educador”, ativistas discutem como a luta por moradia popular só é possível com educação sobre direito à cidade.

Como os direitos humanos são entendidos no Brasil?

Dificuldade em entender direitos humanos no Brasil remete tanto à recusa em se enfrentar violência histórica quanto à desinformação do tema no presente.

A periferia nos planos de metas dos candidatos

Por Paulo Talarico. Texto publicado originalmente na Agência Mural   As periferias fazem parte das preocupações dos presidenciáveis e estão nos planos de metas apresentados para as eleições 2018? Sim, mas discretamente. Na comparação com 2014, ao menos, houve um …

Plantio tradicional de quilombolas recebe título de patrimônio do país

O plantio tradicional, praticado há 300 anos por comunidades quilombolas paulistanas, foi reconhecido pelo IPHAN, mas ainda corre riscos de desaparecer.