cultura

Educação quilombola: como as escolas incorporam os saberes do território?

Os territórios quilombolas são uma escola a céu aberto e produzem muitos conhecimentos que podem ser utilizados nas salas de aula

Da oca à palafita: conheça 9 tipos de casas brasileiras

A arquitetura das casas brasileiras reflete os aspectos geográficos, culturais e éticos de onde a morada é construída.

Espaço no Grajaú valoriza cultura negra nos cortes de cabelo

Valorizando a cultura e estética negra em seus tratamentos, o salão no Grajaú também impulsiona economia local no bairro.

3º Prêmio Territórios tem inscrições prorrogadas

Voltado a escolas e professores da rede pública municipal de São Paulo, a iniciativa busca reconhecer, estimular e aprofundar projetos que favoreçam o fortalecimento do vínculo da escola com seus territórios por meio da cultura.

Em Cidade Tiradentes, jovem transforma separação dos pais em livro de poesias

Além da separação dos pais, a coletânea de poesias conta com versos sobre a busca de emprego, ter chegado aos 18 anos e a reprovação em vestibulares.

Funk carioca, patrimônio cultural da cidade do Rio

Para o cineasta Emílio Domingos, o reconhecimento do funk carioca é um marco importante, embora tardio, da importância cultural do ritmo.

Estudantes de escola pública criam dicionário de línguas indígenas

“Dicionário Indígena Ilustrativo: resgatando as línguas ofaié e guarani” foi feito por estudantes com famílias indígenas do Mato Grosso do Sul.

Lugar referência para o povo Guarani é reconhecido como patrimônio cultural

Lugar de referência de memória e identidade para a população guarani, Tava (RS) foi reconhecido como Patrimônio Cultural pelo Mercosul.

“O cordel cumpriu uma valorosa função social. Mais que função, missão”

Reconhecida este ano como patrimônio cultural imaterial do Brasil, a literatura de cordel cumpre valorosa função social e permanece sendo importante expressão de resistência.

Pedagogia das Encruzilhadas: uma perspectiva afro-brasileira para a educação

Educador Luiz Rufino apresenta a Pedagogia das Encruzilhadas como uma alternativa ética, cultural e política para se pensar a educação brasileira.