políticas públicas

Participe do lançamento da Agenda Municipal com e para as Juventudes

O documento aborda como as pautas das juventudes podem estar presentes nas Eleições 2020, propondo resoluções de problemas que esta geração diversa enfrenta.

Mapa da Desigualdade 2020 é lançado com participação de candidatos à prefeitura de SP

Mapa da Desigualdade escrutina desigualdades de 96 distritos da cidade de São Paulo, olhando para índices como educação, mobilidade, moradia e cultura.

Eleições: Organizações civis criam agenda de propostas para mobilidade em SP

Material aborda questões de política urbana e ambiental, participação social, saúde, mobilidade a pé, por bicicleta e transporte coletivo.

É hora de territorializar a escola pública brasileira

Natacha Costa fala sobre a premência de territorializar escolas, com políticas públicas construídas por educadores, estudantes, famílias e comunidades.

Candidaturas plurais em diversidade sexual, gênero e raça crescem nas eleições de 2020

Candidaturas plurais em gênero e raça aumenta a diversidade nas eleições de 2020, mas especialistas alertam que representatividade só não basta: é preciso um projeto político alinhado à agenda da representatividade.

Governo de São Paulo coloca em risco direitos quilombolas

Sem consulta às comunidades quilombolas, governo acaba com órgão responsável pela titulação de terras tradicionais e assistência técnica rural.

Pandemia revela urgência na adoção de uma renda básica universal

Adoção de uma renda básica seria essencial para garantia de direitos de crianças e adolescentes, população cuja vulnerabilidade aumentou durante a pandemia.

Mandatos coletivos criam experiência político pedagógica para a democracia brasileira

Cresce número de mandatos coletivos nas eleições. Suas experimentações em diálogo e participação social podem transformar a democracia brasileira.

Vitória histórica na educação brasileira: Novo Fundeb é aprovado

Após 5 anos de intensa mobilização popular, o Fundeb foi aprovado, um importante passo para a garantia de uma educação de qualidade no Brasil.

Imposto sobre o livro dificulta o acesso à democratização da leitura, afirmam especialistas

Imposto proposto pelo Ministro da Economia Paulo Guedes encarece o livro e torna ainda mais distante a democratização do acesso ao livro e a leitura.