políticas públicas

Ministério Público e Defensoria tentam barrar reorganização escolar em SP

Ação civil pública visa suspender a reorganização dos ciclos de ensino e o fechamento de 92 escolas estaduais propostos pelo governo de Geraldo Alckmin.

Governo Alckmin faz manobra estatística em estudo que justifica fechamento de escola

Em artigo, professores da rede estadual expõe a fragilidade dos estudos oficiais que embasam a reorganização da educação e o fechamento de escolas.

Cidade Educadora é tema de debate sobre a vida urbana em São Paulo

Roda de conversa sobre Cidade Educadora acontece no dia 30/11, no auditório do Centro Ruth Cardoso.

Em audiência, Secretário de Educação mantém proposta de reorganização; Chega a 70 o número de escolas ocupadas

Audiência realizada nesta quinta-feira (19/11) tentou buscar conciliação entre representantes de ocupações de escolas e Secretaria Estadual de Educação.

Reorganização dissocia escola da vida no bairro, apontam especialistas

Ao tratar escola como depósito de alunos, governo de São Paulo comprou briga com famílias e comunidades; ocupações já são mais de 60 no estado.

Programa de educação integral da cidade de São Paulo está aberto para consulta pública

A proposta diz que a educação integral se apresentará como potencialidade educativa nos espaços e territórios de circulação de crianças e adolescentes.

Ciclo de oficinas estimula governo aberto na capital paulista

Governo aberto: atividades e cursos fortalecem a participação social de cidadãos paulistanos até março de 2016.

SP: Estudantes ocupam escola em Pinheiros contra a reorganização da rede estadual de ensino

O grupo protesta contra a reorganização da rede estadual de ensino, que resultará no fechamento de ao menos 155 escolas estaduais.

Congresso em Santo André discute os desafios de construir uma Cidade Educadora

Congresso é um espaço de intercâmbio entre experiências e políticas públicas que promovem uma Cidade Educadora.

Seminário Cidades a Pé debate direito à cidade e humanização do espaço urbano

Com debates e intervenções urbanas, seminário em São Paulo irá conversar sobre um direito à cidade que priorize pessoas e não carros.