Dilma convoca Mercadante para concluir proposta de negociação com grevistas

Da Agência UNB

A presidente Dilma Rousseff discute na tarde desta segunda-feira, 25 de junho, com o ministro Aloizio Mercadante e o secretário executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim, proposta que o Governo Federal pretende levar na próxima reunião com a mesa de negociação com os servidores públicos federais. A meta da presidente é priorizar as carreiras dos professores das instituições de ensino superior e dos militares.

O Governo Federal pretende avançar em relação à proposta já colocada na mesa de equiparar a carreira dos docentes à da ciência e tecnologia. Fontes do Palácio do Planalto afirmam, no entanto, que o Governo Federal está pessimista em relação a possibilidade de desfecho da greve. A avaliação é de que há muitos interesses políticos sindicais envolvidos na mobilização.

Veja Também:
Proposta do governo para professores federais pode sair semana que vem
Em plebiscito, greve é rejeitada por 80% dos professores federais no RS

Em greve há mais de trinta dias, os professores das universidades federais reivindicam reestruturação do plano de carreira da categoria. O movimento tem a adesão de 57 das 59 instituições federais de ensino superior. A última reunião prevista com os sindicatos que representam os professores na mesa de negociação da categoria foi desmarcada pelo Ministério do Planejamento sob a alegação de que era preciso mais tempo para apresentar uma contrapartida.

Comente

   Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
   Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Portal Aprendiz ou de seus autores.