Arquivo

Unicamp suspende 5 alunos por um semestre por ocupação de prédio

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) suspendeu cinco alunos por um semestre letivo, pela invasão e depredação de prédio público. Em nota, a Unicamp informou que as medidas decorrem da ocupação da sede administrativa da moradia estudantil, no campus de Barão Geraldo, em Campinas, ocorrida em março de 2011, quando houve depredação do patrimônio público.

Segundo a instituição, a decisão foi tomada com base no relatório da comissão disciplinar interna que apurou a ocupação, e passou a valer desde 2 de fevereiro, quando foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Veja Mais:
Unicamp disponibiliza formulário para declaração eletrônica de interesse por vagas
Unicamp faz terceira chamada ainda com 20% das vagas em aberto
Unicamp divulga segunda chamada do vestibular 2012

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Unicamp, que prefere preservar a identidade dos alunos punidos, informou quer os estudantes vão recorrer da decisão, para garantir a matrícula ainda neste semestre.

Ocupação
A ocupação do prédio, que durou 22 dias, foi uma das ações da campanha desenvolvida por estudantes da instituição para permanência estudantil, explica Diana Nascimento, aluna do curso de Ciências Sociais e integrante do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Unicamp.

As unidades habitacionais comportam 900 moradores, número insuficiente para a demanda, segundo Diana. Em 2011, a Unicamp contava com 33 mil alunos em 66 cursos de graduação e 144 de pós-graduação, nos campi de Campinas, Piracicaba e Limeira.

A ampliação da moradia estudantil e das bolsas faz parte da pauta constante do movimento estudantil, segundo a universitária, e deve continuar em debate desde o início das aulas, em 5 de março. O tema da calourada este ano será Democracia na Universidade.

(G1)